Pikles: nova marca consciente para pessoas de 11 a 16 anos

Pikles, a nova marca da empreendedora Dedé Ramenzoni, um dos nomes por trás da Pade D, acaba de sair do forno. Já com o conceito de moda consciente para pessoas de 11 a 16 anos, a Pikles questiona “Para onde vai a sua roupa?” e chega com a vibração de uma moda democrática, a favor das pessoas e do planeta.

Por Portal City News - Sérgio Araújo 24/11/2021 - 17:44 hs
Foto: Lucius Vilar

“As roupas da Pikles são um convite para que todo mundo crie junto e reutilize, a ideia é que nada seja desperdiçado: que nossas roupas tenham vida longa e circulem por aí de irmão ou amigo para irmã ou amiga (e vice-versa!) – e que, assim, todos nós sejamos mais livres e felizes”, diz Ramenzoni.


 

Focada na sustentabilidade de cada etapa do processo produtivo, a marca trilha por um caminho verde, com mapas afetivos pelo mundo. Com exceção dos biquínis, todas as peças são feitas de algodão com certificado BCI (Better Cotton Initiative), que garante uma produção com baixo impacto ambiental. A marca não terá sacolas de papel, nem embalagens para presente. A solução cheia de charme para cuidar do meio ambiente foi embrulhar a roupa em um pedaço de papel, como se fosse a baguete que compramos na padaria. “Porque, além de tudo, é para ser gostoso e divertido”, acrescenta Ramenzoni.   

 

São camisetas, shorts, bermudas, saias, vestidos e tops para serem usados como quiser, peças que se transformam dependendo de como se veste. O exemplo que melhor traduz esse sonho é criar um futuro diferente pelas próprias ideias com a camiseta básica. Ela vem com marcações em cinza nas costuras sugerindo onde a peça pode ser cortada para ganhar novas formas: a camiseta pode virar cropped, com as mangas mais curtinhas, ou ser cortada do jeito que cada um inventar.

 

A estampa da coleção foi criada a partir de carimbos e todas as cores das malhas são provenientes de tingimento natural, o amarelo vem da cúrcuma, o rosa do carmim, o verde da clorofila, e nosso azul é uma combinação do anil + carmim. Além disso as malhas utilizam um amaciante têxtil, formulado a partir da casca de arroz Rice Recycle (RR), gerando um destino para esse resíduo proveniente da fabricação industrial do arroz.